10 Dicas Como Saber Quando Trocar De Colchão

10 Dicas Como Saber Quando Trocar De Colchão

Dormir bem é fundamental não só para o seu corpo como para a sua mente.

Não é de estranhar quando depois de uma noite mal dormida acorde mais rezingão ou mal-humorado.

O facto de não descansar bem poderá também provocar-lhe algumas dores no corpo, especialmente nas costas.

Se bem que tendemos a culpar o stress por tudo, o certo é que o problema poderá estar no seu colchão.

Mas como ter a certeza?

10 Dicas Como Saber Quando Trocar De Colchão

#1 – Acorda com dores nas costas

Dores nas costas, dores cabeça ou dores na cervical são muitas vezes vistos como normais da idade adulta. No entanto, não é bem assim.

Pode acontecer que o problema esteja relacionado com o seu colchão e que a razão é destas dores é o facto de não conseguir descansar bem.

Um bom colchão deve proporcionar-lhe um bom suporte a todo o seu corpo.

Se o seu já não garante isto, então estará na altura de comprar um colchão novo.

#2 – Acorda diversas vezes durante a noite

Sempre houve e sempre haverá pessoas com insónias.

No entanto, se nunca acordou várias vezes durante a noite e está a fazê-lo agora, a culpa poderá ser do colchão.

Uma das causas mais frequentes para isto acontecer é quando o seu parceiro se mexe muito durante a noite.

Isto acaba consigo a acordar e a ter dificuldade a voltar a adormecer.

Isto significa que o colchão já não está a conseguir absorver bem os movimentos o que faz com que acorde durante a noite.

#3 – Sente-se cansado depois de dormir

Se se sente mais cansado quando acorda do que quando foi para a cama, isto não é normal e a culpa deverá ser do seu colchão.

Quando dormimos, restauramos as nossas energias.

Assim, não deverá acordar mais cansado de forma alguma.

O mais certo é o seu colchão já ter perdido as características que o deixavam ter uma boa noite de sono.

#4 – Não se sente confortável quando se deita

O desconforto quando se deita pode acontecer de várias formas.

Poderá “afundar” ou então poderá estar a sentir cada mola do seu colchão nas suas costas.

Qualquer umas destas situações não o deixa dormir bem, sem dúvida que precisa de um colchão novo.

#5 – Temperatura do corpo

É normal que com o tempo os colchões já não possuam as mesmas propriedades e características que tinham quando eram novos.

E isso é o que pode acontecer relativamente à temperatura no colchão.

Se nota que tem dificuldade em adormecer ou em manter-se a dormir durante toda a noite por causa do calor, isto pode significar que o seu colchão está a reter o calor e a funcionar como uma estufa..

#6 – Aumento dos pontos de pressão no corpo

Os pontos do corpo que sofrem mais pressão quando está a dormir variam entre homens e mulheres.

Se no caso dos homens são os ombros, no caso das mulheres são o peito e as ancas.

Apesar disto, um colchão deverá proporcionar um suporte para todo o seu corpo e o seu peso deve ser uniformemente distribuído.

Assim, se nota um aumento dos pontos de pressão, o desconforto aumenta, deve considerar trocar de colchão.

#7 – Colchão faz uma cova

Se ao olhar para o colchão nota que este está a fazer uma cova, então não há margem para dúvidas de que precisa de um colchão novo.

No entanto, se não vê esta cova mas sente-a quando se deita, este é outro sinal de alarme para a mudança de colchão.

#8 – Deita cheiro

Com o uso e o decorrer do tempo, é normal que os colchões acumulem pó, ácaros e bactérias.

Mesmo que tenha cuidado com o seu colchão, todos os produtos têm um tempo de vida útil.

Quando começa a notar um cheiro vindo do seu colchão, deve trocá-lo rapidamente.

Este cheiro poderá causar problemas respiratórios e alergias.

#9 – Validade do colchão

Um bom colchão dura, em média, 7 a 10 anos contando que tem cuidado com a sua manutenção.

Assim, se o seu colchão já atingiu o seu prazo de validade, é conveniente que pense em trocá-lo.

#10 – Aumento significativo de peso

Um colchão que era bom para o seu corpo há 10 anos atrás pode não ser o mais indicado para si agora.

Os nossos hábitos, preferências e peso mudam com o decorrer dos anos.

Assim como podemos ganhar peso ou ter qualquer problema de saúde que nos obrigue a usar um colchão especial.

Se teve um aumento significativo de peso, os pontos de pressão ou a firmeza poderão não ser agora os mais indicados para si.

Considere estas 10 dicas como saber quando trocar de colchão essencial para o seu bem-estar e qualidade de vida.

Invista no seu bem-estar e na sua qualidade de vida.

Durma bem e viva feliz




Saiba mais sobre o Colchão Hemera aqui

PT-PT